\

Seja Bem-Vindo a Zanatta Estufas

telado

Telados, melhoram absorção dos nutrientes em folhosas.

85

Telados, melhoram absorção dos nutrientes em folhosas.

O excesso de radiação solar pode causar prejuízo direto às hortaliças folhosas, como o estresse por fotoinibição, afetando assim seu ciclo normal, causando enrijecimento das folhas, diminuição da área foliar e paralisação do crescimento, diminuindo assim a produção e qualidade das hortaliças.

Uma vez que a alta irradiância e temperaturas elevadas, presentes nas regiões tropicais e subtropicais, suprimem a produtividade de algumas hortaliças, a abordagem mais comum à resolução deste problema seria a limitação da entrada de radiação solar com o uso de telas e sombrite refletivos. A partir deste raciocínio surge o uso de telados na horticultura.

Atuação

Quando cultivados em telado, os vegetais sofrem menor impacto do excesso de sol, chuva e vento, e pelo conjunto de melhorias oferecidas, pode promover também uma maior absorção de nutrientes, deixando a planta mais saudável e resistente a estresses ambientais.

A eficiência dos sistemas de produção em ambiente protegido está ligada a fatores externos, como temperatura e umidade ambiente, e a fatores internos, como material de cobertura das casas de vegetação, telas de controle de insetos, culturas implantadas e mecanismos de controle climático, o que gera um ambiente com várias inter-relações dinâmicas e complexas.

Convém evidenciar que a temperatura tem importante função no controle da velocidade das reações químicas celulares, as quais governam o crescimento e desenvolvimento das plantas.

A utilização de telas de sombreamento nos cultivos em locais de temperatura e luminosidade elevadas conduz as hortaliças folhosas dentro de uma variação ótima de luminosidade, reduzindo a intensidade da energia radiante. Esses benefícios atendem outros fatores favoráveis à necessidade da planta, principalmente o aumento da fotorrespiração, o que contribui para o melhor desempenho das culturas.

telado

Vantagens

São inúmeras as vantagens do uso de coberturas com telados, tais como o aumento da produtividade, melhor qualidade do produto, o que aumenta sua competitividade e a possibilidade de disponibilidade do produto mesmo em época de entressafra, fator esse que contribui para o maior valor de venda, além de um melhor aproveitamento de insumos.

A partir disso, vários tipos de telado são usados na produção de folhosas, entre eles os sombrites, telas termo refletoras e difusoras, as quais promovem alterações microclimáticas no ambiente, por interferirem nos processos fisiológicos, como a fotossíntese, respiração e transpiração, potencializando também melhorias no processo de absorção de nutrientes.

Novas opções

O uso de telados com diferentes características espectrais no cultivo de hortaliças folhosas tornou-se muito comum nos últimos anos.

Os telados coloridos, por sua vez, representam um novo conceito agro tecnológico, tendo como finalidade combinar a proteção física com a filtragem diferencial da radiação solar, promovendo assim respostas fisiológicas que são reguladas pela luz.

Esses telados modificam especificamente o espectro da luz filtrada ultravioleta, visível a regiões do infra- vermelho, melhorando também o teor relativo de luz difusa, e modificando seus componentes térmicos.

Sendo assim, os telados oferecem diferentes misturas de luz natural em conjunto com a luz difusa espectralmente modificada, trazendo vantagens como a proteção física e a filtragem da radiação solar, promovendo melhor produção e qualidade, pois melhoram a capacidade fotossintética e bioquímica das plantas.

Os diferentes telados usados na produção de hortaliças folhosas transmitem distintos comprimentos de ondas, as quais alteram a resposta fotomorfogênica das plantas.

Essas respostas se traduzem em alterações no crescimento, no desenvolvimento, na morfologia e nas funções fisiológicas, como resultado de adaptação a uma condução ambiental diferente.

Sendo assim, os telados podem influenciar no desenvolvimento foliar, alterando a espessura das folhas, na diferenciação do mesófilo, divisão celular e desenvolvimento de estômatos, podendo afetar as estruturas anatômicas, exercendo maiores efeitos durante a expansão foliar, evidenciando o grau de plasticidade fisiológica e anatômica das plantas para mudanças na qualidade de luz.

Pesquisas

Vários estudos têm se mostrado promissores em relação ao uso de telados e incremento das características organolépticas das hortaliças folhosas devido ao melhor aproveitamento da luz que incide no interior dos ambientes, ocasionando maior taxa fotossintética e maior ativação do metabolismo de nitrogênio (N) nas folhas.

Alguns estudos ainda mostram que existe interação entre a absorção e assimilação do Nitrogênio com a irradiância incidente, indicando que modificações microclimáticas provocadas pelas malhas termorrefletoras e difusoras podem alterar o teor e o conteúdo de nutrientes na alface, sobretudo do Nitrogênio.

Trabalhos têm demonstrado também que hortaliças folhosas produzidas sob ambientes telados apresentam menor massa por unidade de área. Esse fator é importante porque indica que as folhas são mais tenras, quando comparadas a hortaliças cultivadas em campo aberto.

Portanto, essas folhas são mais adequadas a mercados consumidores mais exigentes.

Como implantar um telado para hidroponia?

Planejar a implantação do cultivo protegido é um projeto que envolve conhecimento sobre o assunto e a Zanatta Estufas conta com uma equipe especializada para ajuda-lo na implantação da sua estrutura, entre em contato através do Fale Conosco ou pelo telefone para uma de nossas unidades mais próxima de você.

Siga-nos em nossas mídias socias: Facebook | Instagram.

Por. CampoeNegocio